InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [Artigo] Resolução de conflitos sem combate

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Tomah
Sargento
Sargento
avatar

Áries

MensagemAssunto: [Artigo] Resolução de conflitos sem combate   Sab Jul 11, 2009 9:38 pm

Comentários

O texto original está no site "GameDev.net", feito por Mike Lewis. Essa
é uma versão traduzida desse ótimo artigo, que pode e deve ser
divulgado para os makers, só não esqueça dos créditos. Alguns pontos da tradução podem ter ficado confusos e/ou mal-traduzidos, portanto, se quiser, pode modificar a tradução para uma compreensão melhor.


Introdução

Uma crítica comum da indústria de jogos - de fora e de dentro - é que
muitos jogos são grandemente focados na violência, e raramente oferecem soluções não-violentas para resolver conflitos e desafios que se desenvolvem no jogo. Tipicamente, jogos envolvem um dos três tipos de desafios: combate, competições/concursos, e puzzles.

Infelizmente, a vasta maioridade dos jogos não possuem qualquer retrato de conflito interpessoal significante, ou conflito interno dos
personagens. Mesmo que tais conflitos possam ser difíceis de
reproduzir, existem técnicas para fazê-los.

Outra pergunta comum era "Se outras mídias podem mostrar conflitos
profundos, e resolvê-los sem violência, por que os jogos não podem?"
Enquanto não parecia haver nenhuma resposta, alguns fatores
complicadores foram identificados. Um era que a indústria de jogos
esteve treinando jogadores a esperarem que os jogos envolvam conflitos
violentos. A visão de jogos como sendo uma discarga de estresse por
violência é um forte estereótipo - e o fato de que essa imagem é
reforçada pela indústria a cada oportunidade não ajuda. Outro ponto é
que muitos jogos são dirigidos por tecnologia, e o gameplay
não-violento diminui o potencial dela.


Algumas soluções


  • Desenvolva tipos de conflitos que não são geoespaciais. Por exemplo, ao invés de fisicamente lutar por um pedaço de território ou algum objeto valioso, lute por valores, sentimentos, pensamentos, etc. A essência do conflito é simplesmente a luta contra obstáculos que impedem um personagem de
    cumprir seus objetivos. Histórias tradicionais estão repletas de
    exemplos excelentes de tais formas de conflitos que envolvem pouca ou nenhuma violência física.


  • Quase universalmente, nós fazemos da morte o maior desafio em
    nossos jogos: não há nada pior do que perder a vida (simulada). Esse é um dos maiores obstáculos ao criar jogos profundos que escapam da necessidade da violência; se a morte é o pior resultado possível, a escalação de qualquer de qualquer conflito vai inevitavelmente levar à violência. Ao criar disonra, traição, perca de propriedade, ou outros resultados "piores que a morte" dentro de um jogo, podemos providenciar incentivos aos jogadores explorarem soluções não-violentas.


  • Opções são críticas. Diferenças de gêneros devem ser levadas em
    conta, por exemplo. Para abusar de um clichê, caras preferem detonar tudo; mulheres podem prefirir explorar opções mais cooperativas. Jogadores masculinos podem não achar um segmento de negociação de um jogo tão atraente quanto jogadoras femininas; Considerando que abundam
    histórias do mundo dos jogos casuais de jogadoras femininas contornando mecânicas de combate, trabalhando com seus próprios tratados e acordos fora do jogo em si. Manter tantas opções quanto possível para cada estilo de jogo é importante.


  • Os jogos são, fundamentalmente, mecanismos de realização de
    desejos. Através dos jogos, nós podemos nos tornar astronautas,
    marinheiros, piratas, pilotos de testes, motoristas de carros de
    corrda, cavaleiros magicamente poderosos, ou qualquer outro de milhares de diferentes papéis. O truque é realizar os desejos certos. É duvidoso que muitos jogadores realmente sonhem com um jogo que simula a fritação de hambúrgueres em troca de salário mínimo. Portanto, é importante que quando se constrói mecânicas de jogos que elas não sejam tediosas ou desinteressantes. Uma falha comum em opções de jogabilidade sem combate
    é que elas falham em ser tão atraentes quanto as opções violentas.


  • Considere construir conflitos que não tenham nenhum elemento de
    finalidade. Isso retorna à ideia de morte sendo o desafio supremo na maioria dos jogos. Se cada conflito vem com uma chance de tentar denovo, os jogadores não vão mais sentir o estigma de "perder". Além disso, um jogador pode tentar muitas estratégias diferentes para ver qual tem o melhor resultado, sem sentir que está perdendo seu tempo.

Algumas questões abertas


  • Como podemos requerir habilidade do jogador para sucedir com o diálogo do jogo? Jogos de tiro requerem habilidade de mira, desvio, e assim por diante; mas pouca (ou nenhuma) habilidade é requerida para escolher uma de muitas opções de diálogo.


  • Um participante observou que, como Hitchcock, nós buscamos
    produzir "a vida real com as partes chatas cortadas." A questão é, que partes são realmente chatas, e quais podem ser transformadas em mecânicas de jogabilidade?


  • Como contraponto, muita da grande arte simplesmente destaca
    profundas realidades sobre a vida real. Se desejarmos fazer jogos com um impacto cultural significativo, devemos dominar essa habilidade como uma indústria.


  • Como fazemos opções de não-combate tanto acessíveis quanto desafiadoras, tanto atraentes, quanto recompensadoras?


Conclusão

É claro que ainda há muito há ser aprendido e descoberto no mundo da
criação de jogos. Muitas opções ainda não foram exploradas, e o espaço
para inovação e criatividade no mundo da jogabilidade não-violenta é
vasto. Enquanto alguns participantes concordaram em como melhorar o
estado das coisas, todos estão unanimamente anciosos para ver o próximo estágio de desenvolvimento e engenhosidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Scoppio
Sargento
Sargento


Leão Ocupação : Cientista e Técnico em eletrônica

MensagemAssunto: Re: [Artigo] Resolução de conflitos sem combate   Sab Jul 11, 2009 10:22 pm

Rapaz... o cara que escreveu isso tinha um péssimo problema com exemplos ;)

Eu adoro enfiar problemas políticos, vinganças e etc em minhas mesas de RPG. Mas o jogo que estou trabalhando agora é totalmente voltado para o lado MATAR da história euahehuuehahua!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
jodadasa
Recruta
avatar

Ocupação : Seringueiro da árvore da vida

MensagemAssunto: Re: [Artigo] Resolução de conflitos sem combate   Dom Nov 13, 2011 1:40 am

Ah eu tenho alguns ótimos exemplos, um é aquele jogo indie que agora virou cult chamado PASSAGE jogue pra saber porque, o jogo só dura 5 minutos... literalmente....

Outro é a HQ chamada Lúcifer, um spin-off de Sandman, onde podemos ver o personagem principal que é... Lúcifer super feliz derrotar seus inimigos sem praticamente usar nenhuma violência diretamente, usando só o seu bom senso, lábia e articulação; que considerando seu egoísmo infinito, é o tempo todo, ou seja conflitos e mais conflitos

Deus Ex: Human Revolution lançado esse ano para pc/xbox360/ps3 onde o jogador é incentivado a jogar na sua própria maneira, que se for no modo hard quer dizer dizer completar suas missões sem entrar na porrada ou seu personagem morre, coisa que dá pra fazer de diversas maneiras, tanto pelo cenário bastante complexo ou pelo desenvolvimento único do personagem.

Oddworld vendeu milhões é de plataforma, final dos anos 90, tem críticas sobre a escravidão, desmatamento, dominação de culturas...

E finalmente o fodarásticamentissímente game de super nintendo Clock Tower. Jogo de horror. ponto. Fuja e se esconda. Jogo de horror mesmo mesmo. ponto final.

joga no google to sabendo :B

Acho que a diferença aqui é o que é bem feito e divertido e o que é mal feito e chato. Usar a violência sempre é o meio mais fácil, mas não necessariamente uma regra do mainstream, faça que nem o wolverine seja o melhor no que faz e o resto que se foda

fuck yeah
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [Artigo] Resolução de conflitos sem combate   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

[Artigo] Resolução de conflitos sem combate

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

 Tópicos similares

+
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hacred Sall :: Trincheira :: Academia-
Ir para: