InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Mundo Mundo - Aliança de Harding

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
popocake
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel
avatar



Registro
: Bolo
: Humano
: Admin 1 / Procrastinador 16 / Marvel zombie 9

MensagemAssunto: Mundo Mundo - Aliança de Harding   Ter Out 11, 2011 4:45 pm

São tempos negros para a antiga tradição da Aliança dos Feudos e a própria existência da humanidade no Mundo corre risco diante da ameaça imposta pelas forças bárbaras que se avizinham. A maior parte da população está alheia aos perigos que avançam a passos largos além das muralhas de suas cidades, e é tarefa de Sir Harding, Ministro de Guerra e Paz da Aliança, cuidar para que o pior não ocorra. Para tanto ele amealhou formidáveis agentes para cumprirem missões suicidas em prol da humanidade.

--

Trazemos aqui mais um pouco do Mundo Mundo, num spin-off da campanha Tempos Bárbaros. Esta será uma série de arcos curtos, de uma ou duas sessões, que podem contar cada um com personagens diferentes, mais ou menos no estilo proposto pelo Lani na sua campanha de Star Wars. Todos são bem-vindos para criarem seus personagens. Jogaremos quando der tempo e tiver gente disposta.

O sistema utilizado será o D&D 3.5. Os personagens serão feitos com 82 pontos de atributos distribuíveis à vontade, mas com máximo de 18 sem contar os bônus raciais. O nível do personagem será de 7+1d3, sendo que essa rolagem deve ser feita na minha presença; como PCs ganham pontos de atributo no 4º e 8º níveis, você pode adicionar 3 pontos de atributo ao seu personagem, desde que pelo menos 1 desses 3 seja colocado em outro atributo (o máximo então é 20 ou 22 com bônus racial). Além disso, cada um terá direito a uma feat (talento) extra.

Raças, classes, magias, feats e skills podem ser encontrados nesse link: http://www.d20srd.org/

Tirando a parte de psionics tudo ali pode ser usado, e só o que está ali pode ser usado.

E é isso.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


Abner é um cara legal!
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://hacredsall.forumeiros.com/
Lani Romée
Major
Major
avatar

Câncer
Registro
: Lanisso
: Humano
: Bard 7 / Playwright 7 / Boxer 5 / Iron Chef 5 / Ace Attorney 3

MensagemAssunto: Re: Mundo Mundo - Aliança de Harding   Qua Out 19, 2011 2:07 am

Eu escrevi uma historinha pro meu personagem, mas como só o bolo ia acabar lendo resolvi postar aqui também.



LIVRO DE IVRAHIM

1 No princípio criou Deus os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.

2 E disse Deus: Haja luz.

3 E das águas vieram todas as coisas que habitam o mundo, das que rastejam pela terra, voam pelo ar e escapam pelas águas. E da luz e do sopro do Senhor, o homem foi criado à sua semelhança. E o homem era perfeito como Deus, e era inocente como Deus, e era sábio como Deus, e da união do primeiro homem e da primeira mulher surgiu seu povo eleito.

4 O Senhor lhes disse: "Adore o Senhor teu Deus pois ele é o único deus. Louve o Senhor teu Deus pois ele é o único deus. E pelo espírito de Deus todas as coisas serão possíveis." E o Senhor disse: "Habitem a terra e naveguem os mares, pois tudo o que há foi criado para vocês que são descendentes de Bahá, o seu Deus." E assim o povo de Bahá adorou ao Senhor e louvou ao Senhor, e habitou a terra e navegou os mares, pois tudo o que foi criado, foi criado para eles na sabedoria do Senhor.

5 Mas as terras do norte eram habitadas por aqueles que não eram homens, mas que se rastejaram das águas como bestas e animais. Não eram descendentes de Bahá, mas crianças das criaturas da terra como aquelas que o Senhor criou para serem domadas e domesticadas, e se rastejavam em duas pernas para imitar o povo eleito. Eram em verdade filhos de Samael, de Shaitan, o anjo caído.

6 Desse contato com os filhos de Shaitan, o homem foi separado da presença de Deus, e passou a adorar os ídolos dos filhos da terra, e passaram a viver sem louvar ao Senhor e esqueceram do Senhor. Tornaram-se impuros e viviam em pecado.

7 Mas Bahá é sábio, é paciente e é misericordioso, e entre os homens havia aquele que era o único segundo o coração de Deus. E ele foi untado pelo anjo do Senhor e seu nome era Ivrahim, filho de Yusuf, da tribo de Kiq'eh.

8 E sob a árvore sagrada, a Ivrahim Deus disse: "Não temas, Ivrahim, eu sou teu escudo, a tua lança. Olha para os céus e conta as estrelas, se as podes contar. Assim e nesse número será a tua descendência".

9 Ivrahim, em nome do Senhor, levantou a tribo de Kiq'eh contra as falanges do inimigo. Marchou contra os pecadores nas terras de Shaitan e fez reacender os louvores por Bahá entre os homens, e tomou muitas esposas.

10 E a tribo de Kiq'eh, por Ivrahim, tornou-se numerosa. Quando Ivrahim morreu, com duzentos anos, seus filhos e descendentes eram tantos quanto eram os filhos de Samael nas terras do Norte, e tanto quanto eram as estrelas no céu.



LIVRO DE MANASSÉS

1 E os filhos de Ivrahim frutificaram, aumentaram muito, e multiplicaram-se, e foram fortalecidos grandemente; de maneira que a terra se encheu deles.

2 E levantou-se um novo rei sobre Truudi, o qual disse ao seu povo: "Eis que o povo dos filhos de Ivrahim é muito, e mais poderoso do que nós. Eia, usemos de sabedoria para com eles, para que não se multipliquem, e aconteça que, vindo guerra, eles também se juntem aos nossos inimigos, e pelejem contra nós, e subam da terra."

3 E puseram sobre eles maiorais de tributos, para os afligirem com suas cargas e com trabalho escravo. Mas quanto mais os afligiam, tanto mais se multiplicavam, e tanto mais cresciam em número e fé. Ordenou, então, o holocausto de menores impúberes do povo de Bahá.

4 Vendo isso, Bahá se enfureceu, mas o rei de Truudi não lhe deu ouvidos. Bahá, então, escondeu um de seus filhos dos olhos do rei para escapar do holocausto e o anjo do Senhor o criou até a vida adulta. O seu nome era Manassés, filho de Elizur, e foi ter com o rei.

5 Disse: "Rei dos filhos de Samael, o Shaitan, eis que venho trazer-lhe as novas do Senhor. Deus ordena a libertação de seu povo para que marchemos à Terra Prometida onde emana leite e mel. Queremos partir em paz, mas os filhos de Bahá não temem a guerra se necessário for. Sua é a escolha, e que seja sábio."

6 E o rei disse: "Guerra."

7 Então Bahá lançou sobre Truudi pragas e gafanhotos que devoravam da terra e mordiam a pele, e muitos morreram de doenças e do toque da morte do anjo do Senhor. A ira de Deus não perdoava filhos de Samael ou do povo eleito, que vivia em apatia e pecado. E então o rei disse: "Parte, Manassés, e leva teu povo."

8 Manassés partiu com os descendentes de Ivrahim e, nas montanhas, o anjo do Senhor disse: "Esses são os mandamentos de Bahá ao seu povo: Eu sou Bahá, o Senhor teu Deus, e não louvarás nenhum outro deus nessa terra; Não farás imagens ou ídolos do que está nos céus ou acima; Não jurará em falso em nome do Senhor; Orará todos os dias ao Senhor pedindo sabedoria e misericórdia por suas faltas; Não cobiçarás a mulher do próximo; Não serás miserável nem esbanjão em seus gastos; Serás avatar da ira do Senhor sempre que ela for devida."

9 Mas o rei de Truudi, corrompido pela influência de Shaitan, perseguiu o povo de Deus até as montanhas e queria matá-los. Então Manassés, em nome do Senhor, ordenou que a montanha se levantasse e devorasse todos os inimigos de Bahá, e assim se fez pois grande é o poder e a ira de Deus. E a montanha devorou todos os inimigos de Bahá, entre eles muitos infiltrados entre os descendentes de Ivrahim, e todos os perseguidores de Truudi foram devorados naquele dia. E Manassés foi devorado também, pois assim foi a vontade do Senhor.

10 E a tribo de Kiq'eh, agora bastante reduzida, tornou-se um povo nômade, mas sábio e poderoso, e foi liderado por Nah'um, filho de Bateseba, que foi treinado na guerra pelo anjo do Senhor.



LIVRO DE ABDON

1 O anjo do Senhor disse: "Nah'um, filho de Bateseba, levanta seus cavalos e marcha contra os inimigos de Bahá mais uma vez, pois estão a pecar contra a vontade de Deus e enlamear a Terra Sagrada com sangue impuro."

2 Nah'um lembrou das promessas do Senhor e lembrou da terra prometida de Manassés, onde emana leite e mel, e vestiu sua armadura e sua lança e levantou sua tribo e marchou rumo à terra prometida para trazer-lhes a ira do Senhor.

3 A terra prometida de Manassés estava ocupada por Sulitas, pecadores que haviam abandonado a presença de Deus na época de Ivrahim. E, passando as montanhas, e vindo a Muvtahá, a terra prometida, os habitantes de Muvtahá pelejaram contra os descendentes de Ivrahim, e os perizeus, e os heteus, e os girgaseus, e os heveus, e os jebuseus.

4 E por trinta anos seguidos o povo de Ivrahim enfrentou os Sulitas, e a cada derrota que sofriam sua fé em Bahá diminuía, e observavam cada vez menos os mandamentos do Senhor. E perdiam sua longanimidade e a perseverança, e a guerra que conduziam não era mais guiada pelo Senhor.

5 Os habitantes de Muvtahá, inspirados por Samael e liderados por Lothe, guerreiro Sulita, venceram todas as batalhas e destruiram todos os povos. E o povo de Bahá, e Nah'um, filho de Bateseba, que deixaram de observar os mandamentos do Senhor, cairam frente às bruxarias e espadas do exército inimigo.

6 Mas entre eles havia um homem segundo o coração de Deus, que assim como Ivrahim e Manassés, observava as vontades do Senhor e a Ele adorava: Era Abdon, filho de Nah'um, e
era o melhor guerreiro da tribo de Kiq'eh. O espírito do Senhor guiava sua lança, e o poder de seu louvor guiava o seu cavalo. E Bahá teve misericórdia de sua alma e não permitiu que fosse morto pelos Sulitas, mas foi preso em uma masmorra escura, construída de pedras gélidas, onde era difícil ouvir a voz do Senhor.

7 E lhe foram tomadas sua lança e seu cavalo, seu escudo e sua armadura.

8 Mesmo separado de seu povo pelo flagelo dos inimigos Sulitas e jogado entre os vermes para apodrecer em vida, Abdon jamais perdera fé no Senhor. Continuou a respeitar seus mandamentos e a orar a Deus pedindo misericórdia por seu povo que havia caído das graças do Senhor. E jejuava e pedia clemência.

9 E sua fé era tanta que Bahá lhe deu ouvidos. E veio à sua cela e o levou em espírito até a montanha viva, onde repousa a árvore sagrada, e sob ela disse: "Não temas, Abdon, filho de Nah'um, eu sou teu escudo, a tua lança. Olha para os céus e conta as estrelas, se as podes contar. Assim e nesse número será a tua descendência".


Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.bigapplethreeam.blogspot.com
 

Mundo Mundo - Aliança de Harding

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

 Tópicos similares

+
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hacred Sall :: Trincheira :: Intelligentzia :: RPG-
Ir para: